quinta-feira, 17 de junho de 2010

Eternamente



A vida como um todo é repleta de momentos, alguns deles permanecem conosco por um tempo outros por uma vida inteira, existem momentos que nos definem te dão uma perspectiva completamente diferente de mundo, de sí mesmo, das pessoas ao seu redor...

Eu sei bem que guardo muitos deles...

Pessoas únicas na minha vida começam com a primeira aparição... é ali que se forma a primeira conexão, como se eu sentisse no meu intimo que algo realmente muito importante estava acontecendo, e essas pessoas juntamente com esses momentos jamais desaparecerão da minha vida, minha mente e meu coração.


Como há 9 anos atras enquanto eu cruzava a biblioteca no centro da cidade e ali mesmo em meio a um sorriso encontrei um dos meus melhores amigos.
Aos meus 17 anos, no terceiro ano colegial quando conheci uma das pessoas que melhor saberia olhar para mim e me ver, como eu era e com tanta beleza e carinho.
Ou ao andar pela Solo Sagrado e encontrar aquele menino de longos cabelos negros e uma compreensão de mundo além de qualquer palavra.
Alguns anos depois, ao encontrar aquele mesmo amigo, já com os cabelos negros mais curtos e ver outra pessoa sair do carro e logo na mesma noite me dizer coisas que ficariam guardadas comigo para sempre.
No trabalho quando conheci aquela moça de cabelos vermelhos e sorrisos, além de um caráter incrivel e um coração lindo!!!
A primeira vez que ví aquela pequena garota de cabelos cacheados, recem chegada na cidade e com o mundo nos olhos...
A faculdade, com uma das mulheres/meninas/moças mais incriveis que já conheci no mundo, com uma visão única de individuo, felicidade...
E ainda ali conhecendo uma das pessoas mais sinceras que já conheci e apesar de se mostrar duro, era realmente de uma alma linda!!!
No RJ com o timido garoto que se mostrou uma das pessoas mais maduras e profundas que já conheci...
E ainda lá houveram ainda mais...

Não são somente os primeiros momentos, mas todos os outros que se seguem... certamente aprendi bem mais tendo cada uma dessas pessoas proximas de mim, e essa conexão que te transforma e deixa sua vida mais rica.

E sei bem que foi uma via de mão dupla sempre, pude ensinar um pouco e aprender bastante também.

Percebo que hoje tenho uma visão melhor de mim, dos meus desejos, de cada pequena particularidade... e uma noção bem mais firme e madura de vida, individuo!

Os meus pés estão no chão, mas não preciso parar... posso andar, correr, voar!!!

Ainda posso olhar para o céu e tentar alcançar as estrelas...

Minhas dores e decepções me deixaram lições... e as dores não duraram para sempre!!!
Aprendi a não me apegar tanto a essas dores e a ter respeito por mim a todo o momento...

Tudo isso e bem mais...

Aprendi muito e tive momentos que vou guardar para sempre... e cada uma dessas pessoas ainda fará parte de bem mais, de tudo, do mundo... como eu disse uma vez, não importa o tempo ou a distancia, certas coisas permanecem... como todo esse calor e afeto!!!

Certas coisas, bem... estas se recusam a passar!!!

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Orgulho


Bem, tive meu tempo de ausencia por não saber bem o que retirar de mim enquanto eu sinto dor...

Sempre me movi pelo que eu acreditei, acho que como todo mundo eu tive minha cota de medos, decepções, arrependimentos até e muitas coisas boas também. Mas uma das coisas que sempre fiz muito bem era aprender com tudo o que me acontecia.

Hoje reconheço estar numa fase completamente diferente ao que eu acreditava, e por mais que doa que eu me sinta como se meus membros estivessem sendo torcidos e moldados a vontade de alguem, eu acredito que até nisso eu tenha algo para aprender... e ainda sou eu que decido permanecer ali.

Mas de uma forma estranha, parte de mim se sente bem... sou eu me responsabilizando pelas escolhas que tomei, aprendendo com a dor que senti e me olhando com um pouco mais de orgulho.

É necessário uma perpectiva diferente... vejo o quanto eu cresci, amadureci com absolutamente tudo o que a vida me deu, com cada escolha que fiz, cada passo que dei e cada uma das minhas quedas.

A escolha importante que tomei agora, é me orgulhar de cada pequena cicatriz... olhar a dor como uma daquelas coisas passageiras que vai me mostrar algo mais para aprender!!! Não me deixar ficar tão dura ou amarga... e jamais esquecer quem eu sou.

Amar um pouco mais cada pequeno pedaço do mundo, e cada parte de mim...


Tenho Orgulho de Ser...